sábado, 7 de janeiro de 2012

Almoço à portuguesa

Hoje foi dia de recebermos amigos (holandeses) ao almoço. Ele, claro, a pensar à holandesa disse-me para não me preocupar em fazer uma grande refeição, "já sabes que aqui ficamos muitos satisfeitos com pão com queijo e queijo com pão". 
Hum, hum, ok, liguei mesmo ao que ele me disse. Mas para não exagerar até preparei uma refeição, a que nos chamaríamos soft, mas bem portuguesa.
- Caldo verde (feito com couves que trouxe de Portugal, da horta da minha mamy)
- Pataniscas de bacalhau (feito com bacalhau que trouxe de Portugal)
(Sim, é verdade trouxe a mala cheia de comida da última vez que fui a Portugal, chamem-me louca, mas só nós emigrantes é que nos compreendemos, até um pão caseiro alentejano trouxe)
- E uma deliciosa sobremesa que não têm nome mas fica a receita e a foto, porque é deliciosa e fácil de fazer que até chateia. 
Com isto fechei o almoço com chave de ouro e cresci mais uns pontinhos na consideração dos amigos do meu homem. 
No que depender de mim e da promoção que faço do meu país, juro que vai haver dentro em breve uma enchente ainda maior de holandeses em Portugal. 
Então cá vai a receita do doce sem nome: 
Fazer um pudim de qualquer sabor: chocolate, caramelo, baunilha....este era flan.
Quando pronto deitá-lo num recipeciente, aí desculpem recipiente e deixar arrefecer. 
Quando o mesmo já estiver sólido, colocar por cima 2 ou 3 camadas de bolacha torrada embebidas em café frio. 
Juntar 2 pacotes de natas batidas em castelo (adicionar açúcar às natas, a gosto).
Por fim decorar com bolacha desfeita. 

Et voilá!




Heerlijk à holandesa, delicioso à portuguesa!

1 comentário:

  1. Posso ir ao próximo almoço?? Beijokas da amiga Júlia

    ResponderEliminar